domingo, 15 de fevereiro de 2015

Musique brésilienne

Candido Portinari, chorinho, 1942
Concert-Conférence

Avec le groupe 3 no som
(Université Paulista de São Paulo)

Le mardi 17 février 2015
à 18h30 - Salle Delpy


Université Paris-Sorbonne
Institut d’Etudes ibériques et latino-américaines

31, rue Gay-Lussac
75005 Paris

Diego Sales (harmonica), Caio Chiarini (guitare) et Bruno Mota (percussion) compose le trio 3 no som, originaire de São Paulo. Les membres de ce groupe poursuivent une activité de recherche, liée à l’Université Paulista de São Paulo (Unesp) et, en 2014, feront leur première tournée en Europe, financée par le Ministère de la Culture du Brésil.   


Esse trabalho tem como objetivo analisar as influências africanas e europeias sobre os gêneros musicais brasileiros. Em especifico: o choro, samba, forro, maracatu, frevo e ijexá. Devemos ressaltar que o foco desta apresentação é demonstrar para o espectador uma parte da diversidade musical brasileira. Esperamos que ao final do evento ele possa discernir por meio da apreciação musical e de uma base histórico-social, as principais características e origens dos ritmos mencionados.
Não podemos desconsiderar que, antes de se tornarem gêneros musicais, (podendo ser analisados isoladamente a partir de aspectos da teoria musical) estes ritmos estavam presentes dentro de um contexto histórico social, ou seja, eram consideradas manifestações culturais.  A partir disso, temos que considerar aspectos ligados as tradições culturais e religiosas que, se utilizavam da arte como um todo, para enriquecer seus eventos (o que envolvia música, dança, teatro e artes visuais).
A partir do século XX, com a chegada da era do rádio, estes ritmos  deixam de ser atrelados unicamente às tradições sociais, religiosas e antropológicas e passam a ser também um produto  musical (com letras – canções e composições de caráter instrumental ligadas a indústria cultural) . Este fato, somado ao grande interesse de compositores e intelectuais no ramo da pesquisa do folclore brasileiro do começo do século XX, permitiram que estes ritmos fossem analisados e discutidos a partir, apenas, de elementos estritamente estéticos musicais. É nesta época também que as artes popular e erudita se cruzam e se misturam sobre a imposição da era do rádio (que vivia o período modernista brasileiro, que tinha como um de seus objetivos a valorização da cultura e identidade nacional).
A ideia presente neste trabalho é analisar os aspectos musicais destes gêneros, dando algumas orientações elementares sobre a época em que estes estavam inseridos. O assunto abordado envolve milhares de questões políticas, sociais, etnográficas, religiosas e econômicas de grande profundidade. Daremos liberdade aos espectadores para que possam apreender as informações e buscar sua própria interpretação dos dados apresentados. Portanto, traremos ferramentas para que cada um possa ampliar seu repertório individual acerca da música e cultura brasileira.

Links et Informations :

Programa Musicas que Elevam LBTV





Nenhum comentário:

Postar um comentário