domingo, 30 de junho de 2013

Dos espaços da literatura contemporânea

Dos espaços da literatura contemporânea

Em sua 5º edição, Simpósio Internacional reúne investigações sobre espacialidades na literatura brasileira contemporânea

Por Edma Cristina de Góis


O V Simpósio Internacional sobre Literatura Brasileira Contemporânea colocou o “espaço” como o eixo central de discussões de pesquisadores e estudantes na Universidade de Brasília (UnB), de 17 a 19 de junho. O evento, organizado pelas professoras Regina Dalcastagnè, da UnB, e Luciene Azevedo, da UFBA, já está consolidado na agenda anual do Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea (Gelbc), e reuniu mais uma vez investigadores de todo o país e do exterior com o intuito de promover a troca de conhecimentos e a socialização das pesquisas em andamento.

A escolha de um tema comum, “o espaço na literatura brasileira contemporânea”,  integra diversos projetos de pesquisa individuais, muitos deles contando com financiamento público, em um projeto coletivo, intitulado “Configurações do espaço na literatura brasileira contemporânea”.

As investigações de pesquisadores de universidades brasileiras e do exterior mostram a sintonia fina do grupo em relação à produção literária atual, quando são analisados condicionantes externos que repercutem na produção e recepção da literatura brasileira – como as feiras de livros, as traduções, o mercado editorial, o estatuto leitor e mesmo a construção da trajetória do autor. “A leitura de problemas mais internos na construção da espacialidade nas obras literárias, como as experiências de migração, do corpo e das sexualidades, a disputa pelos espaços urbanos e pelos espaços de enunciação, além das cartografias literárias também aparecem nas discussões”, explica o professor da Université Paris-Sorbonne José Leonardo Tonus. A moldura teórica das pesquisas também teve destaque entre os trabalhos apresentados.

Como na edição anterior, o simpósio dedicou um dia às apresentações de estudantes de pós-graduação e graduação que também investigam no âmbito de estudos do Gelbc. Em 2014, o grupo voltará a se reunir, em Washington, no mês de abril, e em novembro, em Brasília, em datas a serem confirmadas.

Para além de fortalecer os laços entre pesquisadores brasileiros e estrangeiros, os encontros incrementaram uma nova dinâmica à pesquisa e  à formação de doutores especialistas em literatura brasileira contemporânea.  A publicação de livros e dossiês temáticos em revistas especializadas, o intercâmbio de doutorandos entre as instituições envolvidas,  bem como a realização de eventos regionais  com a presença de membros do grupo e de convidados externos de renome constituem  uma prova  significativa desta nova dinâmica que busca sobretudo intensificar o diálogo  entre  perspectivas teóricas e metodológicas diferenciadas

Publicações produzidas por investigadores do Gelbc
·      Revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea (da Universidade de Brasília)
·      Revista Iberic@l (da Universidade de Paris-Sorbonne).  
·      Histórias em quadrinhos: diante da experiência dos outros. Vinhedo: Horizonte, 2012. (org. por Regina Dalcastagnè)
·      Fora do retrato: estudos de literatura brasileira contemporânea. Vinhedo: Horizonte, 2012 (org. por Regina Dalcastagnè e Anderson Luís Nunes da Mata)
·     Pelas margens: representação na narrativa brasileira contemporânea. Vinhedo: Horizonte, 2011. (org. por Regina Dalcastagnè e Paulo C. Thomaz)
·      Deslocamentos de gênero na narrativa brasileira contemporânea. Vinhedo: Horizonte, 2010. (org. por Regina Dalcastagnè  e Virgínia Maria Vasconcelos Leal)



Um comentário:

  1. Alessandra Pajolla30 de junho de 2013 19:30

    É um grupo com um trabalho muito consistente e afinado, possivelmente o mais completo sobre literatura brasileira contemporânea. Os integrantes não medem esforços para expandir os horizontes da pesquisa e torna-la acessível aos estudantes. Reside nesse empenho, na disposição permanente de participar de encontros dentro e fora do país, do intercâmbio de informações e de resultados, a força desse grupo que realiza um trabalho tão importante.

    ResponderExcluir