domingo, 17 de fevereiro de 2013

Escritoras portuguesas lidas no Brasil



Conférence avec les professeurs Monica Figueiredo et
Teresa Cristina Cerdeira
( Universidade Federal do Rio de Janeiro)

le mardi  19 février 2013
à 10h, salle 13

Institut Hispanique
31, rue Gay-Lussac    75 005 Paris

Lídia Jorge: a trapaça no feminino
Mônica Figueiredo
Universidade Federal do Rio de Janeiro

A partir da leitura do conto “Marido” de Lídia Jorge (1997), este trabalho pretende investigar as formas de inscrição da subjetividade feminina na narrativa portuguesa contemporânea. Longe de querer problematizar a possível existência de um “sexo” para os textos, o que aqui se deseja é antes recuperar uma certa tradição responsável pela fixação da imagem da mulher na literatura ocidental. Contrapondo tradição e ruptura, o conto de Lídia Jorge parece corroborar a assertiva de Kristeva quando esta afirma que “o divino nas mulheres corresponde ao seu masoquismo”.



Do erotismo e da morte em Nas tuas mãos de Inês Pedrosa
Teresa Cristina Cerdeira
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Três discursos da intimidade feminina que teriam pertencido, em três gerações distintas, a três mulheres – Jenny, Camila e Natália – , unidas por um heterodoxo laço familiar, situam-se num tempo que vai de 1935 a 1994 e são dados à luz numa suposta organização de materiais discursivos de gêneros diversos – um diário, um álbum comentado de fotografias pessoais, um conjunto de cartas – cujo elemento comum seria a escrita em primeira pessoa, de cunho mais ou menos autobiográfico. Nas tuas mãos  é um romance que se constrói sob o signo do testemunho pessoal e histórico, num percurso de cerca de 60 anos de história portuguesa. Constituindo uma aventura pelo amor e pela morte, essas três histórias funcionam como microssistemas dos tempos diversos que atravessam e que encarnam.



Mônica Figueiredo. Professora de Literatura Portuguesa nos cursos de licenciatura, Mestrado e Doutorado da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro.  Sua pesquisa de doutoramento privilegiou a narrativa contemporânea (Helder Macedo, Lídia Jorge e José Saramago) e as relações mantidas pelo feminino com o espaço. Sua tese foi publicada em livro em 2012 com o título No corpo, na casa e na cidade: as moradas da ficção. Desenvolveu uma pesquisa de Pós-doutoramento na Universidade de Coimbra.  É especialista na narrativa oitocentista, com destaque para a obra de Eça de Queirós. 

Teresa Cristina Cerdeira. Professora de Literatura Portuguesa da Faculdade de Letras da Universidade Federal do Rio de Janeiro.  Doutorou-se em 1987 com uma tese sobre José Saramago, publicada em 1989 pela Dom Quixote (Lisboa): José Saramago - Entre a História e a ficção, uma saga de portugueses. De sua pesquisa de pós-doutoramento em Lisboa e em Paris (no Collège de France com o professor Georges DUBY) nasceu o conjunto de ensaios publicado em 2000 - O Avesso do Bordado. Especialista da literatura contemporânea portuguesa, organizou o livro de ensaios sobre a obra de Helder Macedo - incluindo poesia e ficção - , sob o título de A Experiência das fronteiras. Em 2004 organizou com Matgarida Calafate Ribeiro , Juliet Perkins e Philipp Rothwell o livro A Primavera toda para ti, em homenagem a Helder Macedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário