quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Um território contestado


Literatura brasileira contemporânea: um território contestado

Regina Dalcastagnè

Resultado de quinze anos de pesquisa, o livro traz uma análise aprofundada sobre a narrativa brasileira contemporânea. Atenta a quem escreve e sobre quem se escreve, Regina Dalcastagnè investiga a literatura como artefato social, que dialoga com sua própria história e com o mundo que a cerca, inserida num campo de produção formado por autores, editores, críticos e leitores. O panorama que aqui surge do romance e do conto brasileiros das últimas décadas se baseia na leitura cuidadosa de um conjunto expressivo de obras representativas, revelando as estratégias discursivas que envolvem diferentes procedimentos estéticos e diferentes interesses políticos. O território contestado da literatura brasileira contemporânea é aquele em que a dicção e a temática populares lutam para obter legitimidade, em que o monopólio da voz é questionado e em que o enfrentamento entre os criadores e as questões do seu tempo chega a resultados que não estão determinados de antemão.

Regina Dalcastagnè, Literatura brasileira contemporânea: um território contestado (Vinhedo/Rio de Janeiro: Horizonte/Editora da Uerj, 2012)


Regina Dalcastagnè é professora titular de literatura brasileira da Universidade de Brasília e pesquisadora do CNPq. Coordena o Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea e edita a revista Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea. Publicou os livros O espaço da dor: o regime de 64 no romance brasileiro (Editora Universidade de Brasília, 1996); Tramóia: histórias de rendeiras(Insular, 1998); A garganta das coisas: movimentos de Avalovara, de Osman Lins. (Editora Universidade de Brasília/Imprensa Oficial, 2000); Entre fronteiras e cercado de armadilhas: problemas da representação na narrativa brasileira contemporânea (Editora Universidade de Brasília, 2005); Ver e imaginar o outro: alteridade, desigualdade, violência na literatura brasileira contemporânea (organização; Horizonte, 2008); Melhores contos: Salim Miguel (organização; Global, 2009); Deslocamentos de gênero na narrativa brasileira contemporânea (organização com Virgínia Maria Vasconcelos Leal; Vinhedo: Horizonte, 2010); Pelas margens: representação na narrativa brasileira contemporânea (organização com Paulo C. Thomaz; Horizonte, 2011); Fora do retrato: estudos de literatura brasileira contemporânea(organização com Anderson Luís Nunes da Mata; Horizonte, 2012); A literatura brasileira contemporânea: um território contestado (no prelo, Horizonte, 2012) e História em quadrinhos: diante da experiência dos outros (organização, no prelo, Horizonte, 2012).

Projeto de pesquisa
Período: 2010-2012 - Projeto financiado com uma bolsa de Produtividade em Pesquisa e com recursos do edital universal do CNPq 

Textos
Entre silêncios e estereótipos: relações raciais na literatura brasileira contemporânea
http://www.gelbc.com.br/pdf_revista/3105.pdf

A construção do feminino no romance brasileiro contemporâneo
http://www.crimic.paris-sorbonne.fr/IMG/pdf/dalcastagne.pdf

A auto-representação de grupos marginalizados: tensões e estratégias na narrativa contemporânea
http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/viewFile/4110/3112

A personagem do romance brasileiro contemporâneo: 1990-2004
http://www.gelbc.com.br/pdf_revista/2602.pdf

Contas a prestar: o intelectual e a massa em A hora da estrela, de Clarice Lispector
http://www.cronopios.com.br/site/ensaios.asp?id=2591

Pelas margens da cidade: exclusão e silenciamento em Samuel Rawet e Luiz Ruffato
http://seer.fclar.unesp.br/itinerarios/article/view/4573

Sombras da cidade: o espaço na narrativa brasileira contemporânea
http://www.gelbc.com.br/pdf_revista/2102.pdf

Uma voz ao sol: representação e legitimidade na narrativa brasileira contemporânea
http://www.gelbc.com.br/pdf_revista/2002.pdf

Nas tripas do cão: a escrita como espaço de resistência
http://www.gelbc.com.br/pdf_revista/2903.pdf

Personagens e narradores do romance contemporâneo no Brasil: incertezas e ambiguidades do discurso
http://www.redalyc.org/src/inicio/ArtPdfRed.jsp?iCve=16200305

Da senzala ao cortiço: história e literatura em Aluísio Azevedo e João Ubaldo Ribeiro
http://www.scielo.br/pdf/rbh/v21n42/a11v2142.pdf

Mais informações :
Grupo de Estudos em Literatura Brasileira Contemporânea



Nenhum comentário:

Postar um comentário