segunda-feira, 2 de abril de 2012

A jovem literatura brasileira

Encontro em Paris (Março de 2012)
por
 Daniel Mordzinski
A jovem literatura brasileira 

Assistam aos vídeos do encontro com os escritores brasileiros 
Adriana Lisboa, Arthur Dapieve, Maria Valéria Rezende, João Carrascoza, Adriana Lunardi e Tatitana Salem Levy. 


Num primeiro video, a professora Maria Graciete Besse conversa com Maria Valéria Rezende, João Carrascoza e Adriana Lunardi questionando-os sobre a presença, em sua obras, do cotidiano e da banalidade. Para a professora, a literatura realizada pelos três escritores, pratica uma verdadeira « arqueologia das sensações », já que, segundo ela, dramatiza o detalhe como ponto fulcral de uma reflexão sobre o tempo, a incomunicabilidade entre os seres e as incertezas que se escondem por detrás do visível. É a partir destes recantos, aparentemente insignificantes, que os escritores Maria Valéria Rezende, João Carrascoza e Adriana Lunardi, reescrevem a história recente da humanidade.


Para assistir a este primeiro vídeo clique no link


Encontro em Paris ( Março de 2012)
por Daniel Mordzinski
Num segundo video, o professor José Leonardo Tonus conversa com os escritores Arthur Dapieve, Adriana Lisboa e Tatiana Salem Levy, três  importantes vozes da literatura brasileira recente, que, segundo ele,  evoca, expõe e desarticula, de maneira intempestiva, os sistemas arbitrários pelos quais os homens codificam suas relações com o o mundo. A partir das margens, dos interstícios e das brechas do cotidiano, a obra destes três escritores, obriga-nos a enxergar o tempo presente  em todas suas contradições, anacronias e frições, sem, no entanto, cair nas armadilhas dos artíficios da espetacularização.






O encontro foi realizado no mês de Março de 2012 na Universidade da Sorbonne e organizado pelo Departamento de Português em colaboração com a Embaixada do Brasil na França.
Para cosultar os vídeos, utilize o sistema quicktime ou VLC, gratuitamente no link http://www.videolan.org/vlc/




Nossos agradecimentos a Daniel Mordzinski.


Connu comme "le photographe des écrivanis", l’Argentin Daniel Mordzinski vit à Paris depuis plus de trente ans. Correspondant du journal espagnol El País, il a travaillé pour les agences "Sipa, Sygma II", ainsi que pour Le Figaro Magazine. En 2001, il a été sélectionné par le prestigieux journal Gatopardo comme l’un des meilleurs photographes latino-américains. 
Consultez son website sur : http://www.danielmordzinski.com/#/home

Nenhum comentário:

Postar um comentário