quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Um dedo de prosa com Fernando Paixão

Um dedo de prosa com Fernando Paixão

O poeta  Fernando Paixão concedeu uma entrevista ao Blog Estudos Lusófonos na qual fala de sua produção literária.

Num primeiro momento, ele conta um pouco de seu percurso pessoal e comenta o seu vínculo à poesia portuguesa. 
Assista o vidéo no link : Percurso Literario

Gravura de Evandro Castro Jardim
Neste vídeo, Fernando Paixão evoca o processo de criação de A parte da tarde, um livro de poemas em formato de sanfona com um estilo conciso e exato. “Um pássaro que pensa” –  Esta idéia o conjunto da obra e surgiu a Fernando Paixão ao se deparar com uma gravura do amigo e artista plástico Evando Carlos Jardim.
Assista o vidéo  no link : A Parte da tarde


Retrato de Herberto Helder por Frederico Penteado

Na última parte da entrevista, Fernando Paixão lê e comenta alguns poemas do escritor português Helberto Helder.
Assista o vidéo  no link : Helberto Helder


Fernando Augusto Magalhães Paixão (Beselga, Portugal 1955) é poeta, editor e ensaísta. Muda-se com a família para o Brasil em 1961. Publica seu livro de estréia, Rosa dos Tempos, em 1980 - renegado posteriormente pelo autor. Considera seu primeiro livro Fogo  dos Rios, de 1989, seguido depois de 25 Azulejos, de 1994, Poeira, de 2001, A Parte da Tarde, de 2005 e de Palavra e rosto, de 2010. Sua poesia é marcadamente lírica, apresentando imagens de conteúdo essencial, associadas com freqüência à natureza. Por conta de sua origem, teve forte influência de autores como Fernando Pessoa e Mário de Sá-Carneiro, tendo realizado sobre este último uma dissertação de mestrado, na Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, em 1990, publicada em Narciso em Sacrifício, de 2003. Publicou dois livros de poemas para crianças. Escreve artigos em jornais e revistas sobre temas relacionados à literatura e mercado editorial. Em 2004, defendeu doutorado sobre o gênero do poema em prosa, na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e, no ano seguinte, foi visiting writer [escritor visitante] da Universidade de Berkeley, Estados Unidos. Profissionalmente, exerce a função de editor, tendo trabalhado por mais de 3 décadas na Editora Ática, da qual se desliga em 2007, na condição de diretor editorial. Tem poemas traduzidos para o catalão, inglês, espanhol e francês.
Alguns links :

Leitura do poema "Antigamente" para o Jogo de Idéias, programa de TV do Itaú Cultural. Apresentação e direção: Claudiney Ferreira

Artigo de Fernando Paixão. “José Olympio : um editor de risco”. In : Estudos Avançados, 22 (64), São Paulo, dezembro de 2008.

Artigo de Fernando Paixão.  « Para além dos gêneros : Helberto Helder”. In : Ellipsis (8), 2010 : 37-40.

Entrevista a Rodrigo de Souza Leão. Rervista Agulha

Resenhas do livro Palavra e rosto.

Alguma poesia. n° 68, 12/05/2004


Curriculum Lattes

Nenhum comentário:

Postar um comentário